Gestor de empresa muda sua concepção de inclusão social através do trabalho realizado pelo Instituto


Durante a assessoria inclusiva realizada pelo Instituto Ester Assumpção na empresa Seris, em Belo Horizonte, houve uma mudança de cultura organizacional com relação à inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. É que o gestor Jair Nascimento não acreditava no potencial de quem tinha deficiência por já ter tido uma experiência ruim. “Admitimos um funcionário que não tinha um dos membros superiores e para a atividade que precisávamos não era possível fazer adaptações. Na época não tínhamos entendimento sobre o assunto e oferecemos outra atividade que poderia dar certo, mas ele não aceitou”, conta Jair.

A partir das palestras feitas pelo Instituto Ester Assumpção, os gestores da empresa, em geral, criaram e desenvolveram soluções que antes não imaginavam ser possíveis. “Uma frase que mudou muito meu comportamento dita pelo palestrante do Instituto foi: o tratamento deve ser igual e nunca ser diferente!”, completa.

O gestor destaca que, depois do auxílio do Instituto Ester Assumpção, a experiência em contratar funcionários com deficiência passou a ser mais confiante, pois percebeu o valor que as pessoas têm e o que elas têm a oferecer. Ele lembra ainda de uma história curiosa: “Tenho um colaborador que é deficiente visual parcial e que limpa vidros. Um dia, realizando a fiscalização da limpeza, uma pessoa disse a ele que estava muito ruim sua limpeza. Vendo que ele ficou triste (na concepção dele estava limpo), esperei essa pessoa se afastar e falei para ele que o trabalho não estava perdido e lhe ensinei um truque que a vida me ensinou. Hoje, vejo o funcionário mais confiante e se encontra no mesmo nível que os demais”.

Para a coordenadora de RH da empresa em que Jair trabalha, Lorena Araújo, o Instituto Ester Assumpção deixou um legado para ela: a ousadia. “O Instituto me ensinou a ousar. Hoje tenho mais confiança para contratar uma pessoa com deficiência, porque sei que temos recursos para incluir de forma efetiva.”, afirma. Ela completa ainda que “o diferencial do Instituto é que a equipe realmente acredita na inclusão, e com isto dá soluções ao invés apontar dificuldades, e isto é fundamental para o projeto ser bem-sucedido.”.

Descrição da imagem: Jair está em seu ambiente de trabalho. Está sentado em uma cadeira e em frente a um computador.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© INSTITUTO ESTER ASSUMPÇÃO

Rodovia Fernão Dias - BR 381 - KM 494, Sala 01 - Jd. Petrópolis, Betim/MG.

CEP: 32.655-005

Telefone: (31) 3592-1011

  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • LinkedIn - White Circle